Use os campos abaixo para refinar sua pesquisa:

Blog GSP


Inspiração
04 de Julho de 2014
ESTILO DE VIDA: VINTAGE X RETRÔ X ANTIGO
« Outras notícias

Na hora de construir a casa dos sonhos, nem sempre a tecnologia e o mais moderno são prioridade. Quando se escolhe um cantinho para morar e principalmente quando se começa a própria construção em um terreno, leva-se em conta o estilo de vida de cada um para todas as decisões arquitetônicas e de decoração que vem a seguir. E aí, há quem se interesse – e muito – pelas tão bonitas e bem decoradas casas dos anos 60, 50, 40...

 

Assim nasce o estilo vintage, que significa ter um estilo de vida voltado para épocas passadas, anos 20, 30, 40, 50 ou até mesmo 60. Tudo o que existiu há décadas atrás, se usado hoje pode ser considerado algo vintage: vestuário, móvel, decoração, entre outros. Este conceito é atual e muitas pessoas inspiram-se nele para viver.

 

Comunidade dos Anos 50

 

Rockabilly, por exemplo, é o nome de uma comunidade que vive como se ainda estivesse nos anos 50. Lá as pessoas parecem ter congelado no tempo, pois tudo é como antigamente: de roupas e acessórios, passando por carros, penteados, móveis e até mesmo hábitos. 

 

Comunidade dos Anos 50

Foto: Hypeness 

 

 

Vintage x Retrô x Antigo

 

Ser vintage é diferente de ser retrô, que por sua vez é diferente de ser antigo. Objetos vintage são peças ou itens de duas décadas passadas ou mais, ou seja, são de épocas reais, e que só podem ser denominados assim depois de passado este período de tempo.

 

O retrô é quando o objeto / artigo foi fabricado nos dias de hoje, mas possui uma releitura, ou uma inspiração na antiguidade.

 

Já o antigo é algo de outra década, mas que não se encaixa como objeto de coleção ou que sirva para compor um look ou ambiente, por exemplo. O antigo é aquilo que se guarda sem ter valor financeiro, apenas emocional.

 

Estilo Vintage

 

A decoração vintage pode ser uma solução para aquele espaço da casa em que você busca por algo diferente. Pode ser aplicado de várias formas, em objetos, como o abajur; utilizando uma temática, em que são usados móveis, porta-retratos de madeira grossa, lustres e toda uma palheta de cores para definir a nova tendência; ou com uma decoração de forma mais suave, onde os móveis e objetos são mesclados a um papel de parede puxando para o estilo vintage.

 

Estilo Vintage

Foto: divulgação.

 

Estilo Retrô

 

O estilo retrô pode ser mais fácil de usar pelo fato de que você pode mandar fazer os seus móveis e objetos como preferir, apenas tendo uma referência de outra época. É possível misturar detalhes que achar mais bonito de uma década com outros detalhes de outra. Vale a pena também estudar sobre uma data específica, para saber o que era utilizado ao enfeitar uma sala nos anos 90, por exemplo.

Abaixo, nos ambientes das imagens, foram usados elementos retrôs combinados com celebridades da década e pop art, com um toque moderno. Misturar antiguidade e modernidade também pode ficar um luxo. Também é possível notar que os móveis foram feitos inspirados nos de antigamente. Na decoração retrô é possível observar que, por conter objetos inspirados em uma releitura, as cores vibrantes estão muito presentes.

 

Estilo Retrô

Foto: divulgação / Blog Dactylo

 

Estilo Antigo

 

Dentro do antigo podemos notar dois estilos diferentes. Um é inspirado em casas com móveis mais escuros, onde as estampas antigas estão presentes, com puxadores mais artesanais nos armários e gavetas.

 

O outro estilo de decoração antiga está menos presente nas casas, pois imita o estilo da realeza. Nele são encontrados móveis e decorações mais claras, com detalhes em dourado vivo, podendo ter madeiras importadas pintadas de tons claros, por exemplo. 

 

Estilo antigo

Foto: divulgação / A Grande Guerra 

 

Seja vintage, retrô ou antigo, são estilos cheios de personalidade e que inspiram a vida, a casa e a decoração de muitas pessoas. É só escolher o que mais combina com o seu lar e aproveitar!